Há duas semanas levei um tombo e tive que ir para a emergência, mal conseguia andar tamanha eram as dores. Fiz exames,medicamentos e saí do hospital quase da mesma forma que entrei, os analgésicos não aliviaram quase nada.
Entrei em crise depois da queda, ao invés de ficar de repouso, quis preparar minha dieta, queimei o braço no vapor da panela de pressão.
Saldo:tombo + queimadura= mais dor

Pausa para respirar, tomar fôlego e pensar com calma. Minha vida de uns tempos pra cá ficou complicadíssima:olho grande, urucubaca, karma, praga ou falta de atenção?
A grande questão é que os problemas vão se acumulando, as situações se repetindo e nos enrolamos mais e mais. Brincadeiras à parte, quem nunca pensou que tanta coisa acontecendo, só podia ser castigo divino?

Neste caso, me rendi às evidências de total falta de atenção. Nem por isso vou me culpar, na maioria das vezes a dor é uma grande distração. Quando me distancio da realidade, os acidentes acontecem, e quanto mais rápido me dou conta, mais depressa consigo recuperar o controle da ação.
Então, antes de brigar com o astral, melhor apurar os sentidos no presente, menos acidentes e mais atenção.

Giselle Sato
Sentindo dor

Quer receber artigos como esse?!

Coloque seu nome e melhor email para receber e interagir. Essa troca de experiências e vivências é única..